Tira a bunda da cadeira!!!

Isso mesmo, nada sutil.

Mas para quem me conhece de perto sabe que sutileza não é meu forte. Muito pelo contrário.

E sinceramente, me permito não ser sutil ou educado neste caso. É inacreditável ver a quantidade de executivos que criam regras sem sentido, diretrizes sem conhecimento prático algum, acionistas que contratam diretores que após assumirem suas funções sentam em escritórios luxuosos como pequenos monarcas, sem nunca descer do salto e conhecer a operação. Incrível como conheço diretores que não fazem a menor idéia de como seus serviços são prestados ou como seus produtos são produzidos ou entregues. Ouvi muitas reclamações de gerentes e diretores dizendo que as vendas iam mal, ou que os custos de produção estavam altos demais, sem nunca ter acompanhado a rotina de um vendedor em campo ou sem jamais ter acompanhado um turno da sua produção. Esses mesmos profissionais acham que conhecem mais de vendas ou de produção do que muitos.

Chega de teorias, chega de “achismos”, chega de pré-conceitos ou de avaliações frias em cima de relatórios e gráficos. Por favor, saiam todos de trás das mesas e dos monitores, pelo menos uma vez. Procurem viver a realidade de suas equipes antes de avaliar qualquer coisa. Quando suas vendas começarem a cair, saiam a campo, acompanhem a rotina de um vendedor, desde a primeira hora do dia, e mais ainda, acompanhe a rotina de um de seus clientes e veja como o seu produto e serviço está sendo visto por ele, quando resolver que precisa reduzir custos, passe um dia no chão de fábrica, sinta as dificuldades e escute a opinião de quem opera as máquinas ou que realiza os carregamentos, para avaliar se existem ou não oportunidades reais de melhoria.

Acho fantástico quando vejo grandes companhias fazendo programas em que obrigam seus executivos a acompanhar a operação, ou passar um dia com um consumidor ou cliente para conhecer seus hábitos, avaliar suas rotinas, dificuldades e descobrir novas oportunidades.
Mas isso não precisa e não deve ser uma diretriz da empresa, isso deve ser uma iniciativa de qualquer um, uma simples atitude que pode fazer muita diferença nos seus resultados.

Então amigo, tire a bunda da cadeira! Vá à luta e aprenda com quem faz.


Um comentário sobre “Tira a bunda da cadeira!!!

  1. Grande Leandro,

    Realmente isso nos lembra as muitas e muitas rotas que fizemos na AMBEV, não é mesmo Leandro.

    Vejo isso direto nas consultorias que atualmente realizo.

    Até mais,
    Frank-san

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s