Paixão do Começo

Assumidamente sou um apaixonado.
E nada melhor do que viver a emoção de iniciar algo novo, de se lançar em um novo desafio. Adoro viver aquele momento de avaliar novas metas e fazer novos planos e estratégias para superá-las, da adrenalina e a inquietação por assumir novas responsabilidades.
Mesmo desempenhando a mesma função devemos buscar novos desafios o tempo todo para não cair no pior defeito de todos os profissionais – a acomodação!
Assumo que sou um eterno insatisfeito, e já forcei muitas equipes com que trabalhei ao limite, e nem sempre consegui atingir os melhores resultados. Nem todos pensam desta forma, principalmente se estamos trabalhando em uma empresa com uma cultura diferente. Então uma dica, se você precisa da mesma paixão que eu, busque trabalhar em empresas e com equipes que busquem a superação todos os dias, que possuam objetivos de crescimento claros, e que te desafiem o tempo todo. Mas sempre, sempre seja um apaixonado e nunca um acomodado.
E se permitem mais uma dica, metas pessoais ajudam muito.


4 comentários sobre “Paixão do Começo

  1. Leandro,

    Concordo contigo que a paixão é fundamental! É o que nos move, que dá sentido a vida. Uma pergunta que causa muita polêmica é a sabedoria por detrás de nossas escolhas.

    Esta pergunta “O que você faria até de graça?” pode nos ajudar a encontrar nosso talento, nossa causa e dar sentido ao que estamos fazendo. Quando fizermos algo “até de graça”, faremos com tanta paixão e dedicação que inevitavelmente as pessoas vão querer nos retribuir por sentirem que o que estamos fazendo é algo de muito valor.

    Segundo Harry Palmer, autor das ferramentas de exploração da consciência Avatar, a escala de alinhamento para trabalhar em time é:

    Contestamento desalinhado com colegas de equipe -> Competição com colegas de equipe -> Desejo de aprovação dos colegas de equipe -> Imitação de seus colegas bem sucedidos -> Atenção na meta/missão que o grupo deseja alcançar.

    Na minha visão uma equipe sustentável é formada por pessoas que focam a missão do grupo, que atuam de forma compassiva e colaborativa para que todos se fortaleçam nos momentos de dificuldade.

    Sucesso a todos!

    Grande abraço!

  2. Viver é desenhar sem borracha. Segundo Millor Fernades.
    A paixão pelo começo ou recomeço deveria ser Lei. Até o Raul nos dizia: Tente. Levante sua mão sedenta e recomece a andar. Não pense que a cabeça aguenta se você parar.
    Podemos não perceber, no entanto, sempre embarcamos para varias aventuras no mar, sempre recomeçadas, sendo assim arfamos e remamos. Se preciso remar com força é porque o movimento do mundo o exige.
    O começo é igual ao recomeço?
    Parabéns pelo Blog…
    Abs..

  3. Acho que, daqui a alguns meses, você já vai ter material suficiente com esses posts para escrever um livro, primão. Tô curtindo o blog, viu?! Beijos!

  4. Virtuosidade é a palavra desse POST, fazer as mesmas coisas de formas diferentes. Isso separa o Espetáculo, da Apresentação, O Show, da Reunião.
    Em todas as reuniões ou negócios que estiver envolvido busque uma coisa: realizar a mudança de estado de espírito de todos os envolvidos no processo.
    Entre num negócio ou numa sala e transforme o ambiente antes de sair, acredite; isso é detalhe, negócios se ganham assim.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s